Precisamos falar de Se7en – Pecados Capitais

Como todos sabemos (piada interna, o povo da redação vai entender), sou fã dos filmes dos anos 90, que pra mim foram cruciais para a “evolução” de todo o panorama geral do cinema e hoje nós iremos resenhar sobre esta obra prima dirigida por David Fincher, com roteiro criado por Andrew Kevin Walker. O filme é de 1995 ( por coincidência nasci nesse ano também haha).

O enredo se dar em torno dos detetives David Mills (Brad Pitt), jovem  após passar 5 anos trabalhando na divisão de homicídios e  William Somerset (Morgan Freeman), um veterano prestes a se aposentar , dito isso vamos ao que nos interessa, juntos eles ficam encarregados de investigar alguns homicídios do serial killer John Doe(existe uma série e um filme sobre Jonathan Doe) ( Kevin Spacey), papel aliás muito bem reproduzido, arrisco dizer que é um dos meus filmes favoritos com o próprio(palmas).

O que torna a investigação algo surpreendente é que  John Doe comete suas atrocidades inspirado nos sete pecados, que são : gula, avareza,luxúria,ira,inveja,preguiça e soberba.Cada pecado tem sua vítima e sua peça de descoberta, até porque John quer “sacanear” os investigadores e tornar a vida deles um inferno,o paradigma em que o filme se encaixa e a atmosfera de investigação no maior clima noir*  torna o filme único. Não vou muito longe no enredo pois quero que todos assistam, é antigo ? é ,mas, mesmo tendo os seus quase 21 anos ,ainda deixa muito filme de 2016 no bolso.

*Noir:expressão francesa, designa um subgênero de filme policial que teve o seu ápice nos Estados Unidos , entre os anos 1939 e 1950.

O veredito final é basicamente, se você ainda não assistiu e é fã do gênero suspense,investigação policial e plot twist , este filme é exatamente o que você procura!

O filme foi:

Curiosidades

* Enquanto filmava uma cena, Brad Pitt machucou o braço seriamente em um pára-brisa. O acidente foi usado pelo roteiro, fazendo com que o fato tenha acontecido com o personagem também.
* A vítima amarrada em uma cama não era um boneco, e sim, um ator muito magro que parecia com um cadáver.
* Morgan Freeman segurou de forma errada a arma de seu personagem durante as filmagens. Policiais verdadeiros alertaram o ator sobre o erro e o ensinaram.
* Uma versão do roteiro contém uma cena final em que Mills escreve uma carta para Somerset avisando: “Você estava certo. Você estava certo sobre tudo”.
* Mills e Somerset discutem o livro Servidão Humana, de W. Somerset Maugham.
* O assassino John Doe é manco, assim como o protagonista Philip Carey, do livro Servidão Humana.
* A New Line queria mudar o final do longa. Brad Pitt ameaçou deixar a produção se isso acontecesse.
* O roteiro do filme demorou dois anos para ficar pronto.
* O vocalista da banda R.E.M, Michael Stipe, foi considerado para viver John Doe.
* O filho de Morgan Freeman, Alfonso Freeman, faz uma ponta como um técnico em impressão digital.
* Kevin Spacey perguntou para Fincher se seria preciso que raspasse a cabeça para viver o personagem. O cineasta disse: “Se você fizer isso, eu também faço!”. Ambos estavam carecas durante as filmagens.
* Brad Pitt ganhou US$ 7 milhões para fazer o filme.
* Kevin Spacey pediu para que o seu nome não aparecesse nos créditos iniciais, fazendo com que a participação do ator fosse uma surpresa para os espectadores. Para compensar, nos créditos finais o nome do ator é o primeiro que aparece.
* Nenhum material publicitário do filme contém Kevin Spacey.
* Considerado como um dos assassinos mais perigosos do cinema, John Doe não é visto cometendo nenhum assassinato no longa.

O elenco:

Links úteis:

Netflix: clique aqui para assistir

Ccine10

John Doe Vigilante (filme) : IMDB

John Doe Serie de TV: IMDB

 

10/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s